(11) 2092-4811 contato@larsirio.org.br

Não é de hoje que, no macro contexto brasileiro com altos índices de desemprego, se observa pessoas à margem fazendo o que é possível pela sobrevivência. Segundo PNAD/IBGE o primeiro trimestre de 2020 apresentou um quadro bastante desafiador no que se refere ao cenário socioeconômico com aumento da taxa de desemprego 12,9 de milhões de pessoas na força de trabalho.

Fonte: https://www.ibge.gov.br/explica/desemprego.php

Projetando estes dados em um cenário pós-pandemia, a conjuntura diante do coronavírus escancara a vulnerabilidade social, aumentando ainda mais a situação de extrema pobreza no país. As comunidades em risco social terão o público mais afetado, em um período econômico instável e que retomará lentamente as suas condições de mercado. A realidade se apresentará ainda mais desequilibrada, com maior concentração de renda nas mãos de poucos e aumento significativo da desigualdade social.

O Lar Sírio Pró-infância tem como missão o enfrentamento das desigualdades, e por isso, entende que enquanto a sociedade não se mobilizar e não se comprometer com o papel que cada um desempenha dentro de uma organização coletiva voltada para o bem comum, estes jovens continuarão sem oportunidades relacionadas aos seus posicionamentos sociais.

É preciso trabalhar por uma sociedade mais justa e humanizada como corresponsáveis pelo desenvolvimento humano coletivo por meio de ações em projetos sociais consistentes.

Para tanto propusemos e aprovamos no FUMCAD um projeto profissionalizante em 2019 que potencializa as habilidades, competências e promove a autonomia ao lidar com atividades “metodicamente organizadas em tarefas de complexidade progressiva desenvolvidas no ambiente de trabalho” (segundo consta na própria Lei da Aprendizagem).

Ter uma orientação focada no profissional com tempo aliado aos estudos e aos primeiros passos práticos para fomentar a independência financeira, favorece o processo de crescimento individual e social cidadão.

Além deste, temos outro projeto, emergencial para apresentar e implantar neste 2º semestre, de geração de renda, que ofereça aos familiares dos atendidos uma oportunidade verdadeira de transformar suas trajetórias e de suas famílias para um prognóstico melhor.

A partir de então, promover cidadania econômica, permitindo que os jovens atendidos e familiares possam prover a si próprios por meio dos mecanismos de produção de bens e distribuição da riqueza, a fim de melhorar a qualidade de vida destas pessoas, promovendo atitudes empreendedoras, autonomia, protagonismo e dignidade humana pode ser considerada uma ação prioritária.

Elaine Bueno Silva

Superintendente

Lar Sírio Pró-infância